Índios Wayana e Aparai visitam Alto Rio Negro (AM) para conhecer experimentos com arumã

Assessorados pelo Iepé, eles cruzaram Amazônia vindos do extremo norte do Pará, na Serra do Tumucumaque, até a Cabeça do Cachorro, no extremo noroeste amazônico, para conhecer de perto as experiências que várias comunidades baniwa, animadas pela Organização Indígena da Bacia do Içana (Oibi), iniciaram há cerca de dez anos, em conjunto com o ISA e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

Clique aqui e leia o texto na íntegra.

Fonte: www.socioambiental.org

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s