Escola Baniwa e Coripaco: notícias

Jovens baniwa concludentes de ensino fundamental e médio se apresentam ao público na Escola Pamáali. Foto: João Claudio/EIBC

Jovens baniwa concludentes de ensino fundamental e médio se apresentam ao público na Escola Pamáali. Foto: João Claudio/EIBC

Desde 2004, a Escola Pamaali,  vem fechando cada ano letivo com Quadra-Praça  cheio de gente e “um círculo de jovens” com pinturas corporais e Kalidzamai ao centro, (com execessão em 2005,  ano que a escola passou dificuldades em recursos para a realização da Assembleia Geral da ACEP e da II formatura e 2008, as as formatura foram realizadas nas primeiras etapas do ano seguinte).

De lá pra cá, já foram realizados seis. O VI  aconteceu no dia 15 de dezembro de 2013. Que mais mais uma vez reuniu muita gente e a coordenação como de sempre, apresentou ao público os finalistas do ano. Com a tradicional cerimônia Kalidzamai. É o segundo ano que a Escola Pamáali, através da Escola Estadual Nossa Senhora de Assunção do Içana, apresenta turma de ensino médio ao público presente no evento.

A Associação do Conselho da Escola Pamáali – ACEP, realizou a Assembleia, evento que antecedeu a formatura. Onde além de assuntos internos da escola, foram propostas ações para a melhoria dos trabalhos para próximos anos. Onde também foram indicadas novos nomes para o quadro de professores para 2014 e para a diretoria da ACEP.

Acostumada de publicar as notícais e principalmente imagens de grandes eventos, como de formaturas, a equipe de comunicação da escola não conseguiu conseguiu repetir o mesmo dos anos anteriores, devido o problema de internet na escola. O Ponto de Presença Pamáali não funciona desde novembro.

2014: surpresas?

Professor Juvêncio Cardoso ou Dzoodzo, com formandos na Escola Pamáali, no dia 15 de dezembro de 2013.

Professor Juvêncio Cardoso ou Dzoodzo, com formandos na Escola Pamáali, no dia 15 de dezembro de 2013.

Em reunião de apresentação do relatório preliminar de atividades de 2013, o Juvêncio Cardoso  ou Dzoodzo, como ele prefere ser chamado, disse que várias atividades foram realizadas nesse ano. Destacou a participação dos professores e alunos da escola em eventos voltados para a discussão da Educação Escolar Indígena, como é o caso do V Encontro de Educação Escolar Indígena, que teve a ACEP, gestora da escola como membro da coordenação junto com a OIBI (Organização Indígena do Rio Içana).

Nova equipe de professores deve ser formada para esse e próximos anos, que ainda está em processo de discussão, segundo os encaminhamentos da reunião realizada no final de semana passada aqui em São Gabriel da Cachoeira. “Deixando a Pamáali depois de 13 anos”- publicou no seu perfil no facebook, o Dzoodzo que segundo ele, estaria deixando a escola, depois de estar lá, desde 20o1. Começando como aluno, passando pelos cargos de professor, coordenador geral (duas vezes) e diretor-presidente da ACEP, desde 2010.

Alguns nomes já foram especulados. Mas, a confirmação só deve vir, no final de fevereiro, para começar o ano letivo em março com nova equipe. Já que a maioria dos que fizeram parte do quadro confirmaram que não vão fazer mais parte nesse ano. Quem fará parte dessa nova equipe? Em breve, novidades…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s