Conselho Kaali

Mendzamitsa, 20 a 24 ka agosto, whaa Baniwanai wawakeetakawa Ttonowiriko kaako karo whaa iakottinai kanakaiperi walhio oo kanakaiperi wadeenhika weemakawaliko. 

Wakaitepe wapidzawaaka koadzokeena poadzaka oo waakatsawa wapeedzalhewa linako matsiaka peemaka padzakalerio wakeñoakadzami lhia wawakeetakakawa wapidzawaaka wadeenhikaro. Kadzo ideenhikhettiapani nheette ikadzeekataakakhetti nako tsakha. 

Nakaitepe whema linako lhia ideenhikhetti  nanakodali nhaa wanheekhe wadeenhixoopa nheette weemaxoopa hekoapiali, kadzo kiniki, nheette phiome nhaa linakoapaninaa nheette lideenhikanaa. Kanakaidali walhio wattaitakaro wakhedzakota lhia iwapiñeetakhetti nheette iakotti linakodali lhia kanakaika wamatsiataka weemakawa nheette wadzeneetaka naawa nhaa ianhekhetti nalhio nhaa walimanai. 

Kadzodali ima wakeñoa Conselho Kaali kaakokarodawa whaa phiome nhaa iakotti, wattaitakaro wadeeka lipeedzalhewa lhia ideenhikhetti wapidzawaaka whaa wakoenai.

Kaako tsakha whaa linako attiapani, ideenhikhetti mendzamidalitsa ikeñoa wemakawaliko. Da hore iakokitti. 

Anúncios

Rio Negro fervendo de formação nos primeiros meses do ano

II Turma  Baniwa do Curso Políticas Educacionais e Desenvolvimento Sustentável da -UFAM, em Assunção do Içana. Foto: Dario Casimiro

II Turma Baniwa do Curso Políticas Educacionais e Desenvolvimento Sustentável da -UFAM, em Assunção do Içana. Foto: Dario Casimiro

Começou no inicio dessa semana, o Curso Licenciatura Políticas Educacionais e Desenvolvimento Sustentável da Universidade Federal do Amazonas – em São Gabriel da Cachoeira. Coordenada e realizada pela UFAM em parceria com a FOIRN, o curso formou a primeira turma no final de outubro de 2013. E nesse ano, começa a segunda turma do curso, que são mais de 100 alunos, divididos em três pólos Baniwa, Tukano e Nheengatú, com localidades, de acordo com o território línguístico. Polo Tukano em Taracúa – Médio Waupes, Baniwa em Assunção do Içana – Médio Içana e Nheengatú em Cucuí – Alto Rio Negro. A primeira etapa do curso vai até na segunda quinzena de fevereiro, segundo informações divulgadas pela coordenação geral do curso.

Enquanto isso, o Magistério Indígena III – Curso de Formação para Professores Indígenas de nível médio está acontecendo na Ilha de Camanaus, próximo de São Gabriel da Cachoeira, que reúne cerca de 100 professores indígenas, distribuídos em cinco pólos: Baniwa, Tukano, Hupdah, Yanomani e Nheengaú. O curso deu início no dia 20 de janeiro e vai até no inicio do mês de março, no período em que começa as aulas da rede município. Segundo, o Juscelino Pereira, seleção dos candidatos para a terceira turma do Curso, teve como prioridade atender e garantir formação aos professores que já atuam na sala de aula, mas, que apenas tem formação acadêmica (nível médio). Dessa vez, o curso é realizada pela SEMEC em parceria com a SEDUC, que tem a empresa empresa Memvavmem como executura do projeto.

E utros Cursos de Graduação para formação de professores através do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica – PARFOR acontece no município, que atende o maior número de professores indígenas da região. E a turma da Licenciatura Intercultural do IFAM – Campus São Gabriel também está em formação nesse mesmo período. É o Rio Negro fervendo de formação nesses primeiros meses do ano.

 

Matsiakaro phatsamitha weemaka wadzakalenairiko

ImagemLirikoda mhitshaka lhieka idzeenaliwa (05-07/12), nawakeetakawa nhaa kaakonadalipe ayaha Hiipanako, kaakokaro nhaa nanako nhaa kanakaiperi pamatsiataka ideenhikhettika oo nhaatsakha nhaa kanakaiperittoa padeenhika, wattaitakaro mitha watsa weemaka matsiaphatsa wadzakalenairiko.Hoore yakotti, iwapineetakhetti, nheette ideenhikhetti kanakaiperi padeenhika, metsa karoka mherapittinakatsa ni.

Waanheenina oophittetsa lhie naamaka nawadzakeetaka whaa oo maatshika naako nheette nadeenhika wakhoette nhaa wanheri yalanawinai. Metsa, neenikatsakhaa nhaa yomakape oo ikitsindataka whaa, Nhaa wakitsienatsa nakhoette nhaa wheponda, ideenhiri phiome nhetakaro waadza wahipaite weemali neeni. Ikatsa pada yakotti khedzakoli kanakai wakaitepeka walhiowaaka pandza whaa wakoenai, imas, pawalipe, nhaatsa nhaa wakitsienatsa, pakoaka nawapineetaka naapidza nhaa yalanawinai oo nawadaka matsiakalika lhia nhemali nheette nakapali tsakha. Katsa pada matshidalikatsa yakottika pandza.

Irawadatti (dzanakaa), katsa padakatsakha imatshikakada weemaka pandza ayaha weemakaliko. Padatsa kaakoli nhaa inako lirikoda neeniri mendzamitsa. Hore kanhetsa pida nadeeka irawadatti wadzakalenairiko nhaa padapenaa wakitsienapetsa, koamekatsa nhaa yalanawinai (Colombianonai). Okayalirikolhe pida horekanheetsa nadeeka lhiapepe. Pandza pida Dzawhipani, karotha pida nakadaa navenderi neeni, metsa peemhette pida neenika ni. Kadzodali ima pida, manopena nainoakakawa oo maliomekanhaa kadzodali ikhette.

Daa..hore mikanheetsa kanakaiperi pamatsiataka weemakawaliko. Oopina naroita wapidzawa nhaa kanakaiperi Iniali irhio, pandza kanakai watsa waaka naphontte, ima wawapakadaatsa watsa, kadzo oopidzotsa, karowatsa koaka wadeenhiri. Phada pianhe tsiali.

Escola Pamáali se prepara para a semana de eventos e formatura.

Faltam apenas algumas semanas para chegar a semana de formatura, os preparativos para o evento já começaram. Foto: G. Pereira.

Com pouco menos de três semanas para o inicio da sequência de eventos que será fechado com a grande festa de formatura da V turma da escola no dia 15/12, a escola Pamáali desde a semana passada começou a se organizar e fazer os retoques necessários. Reformas do palco dos eventos, a quadra-praça Pamáali já está praticamente concluída.

Os ensaios de danças tradicionais contará com a presença de alguns sábios e colaboradores com a escola. O que vem sendo feito desde 2004, quando foi realizada a primeira festa de formatura.

Será a primeira vez que a EIBC-Pamáali, localizado próximo a comunidade de Tucumã Rupitá, irá sediar três importantes eventos.  Serão realizados em sequência a partir do dia 12/12 a  Assembleia Geral da Organização Indígena da Bacia do Içana – OIBI, Assembleia Geral da Associação do Conselho da Escola Pamáali- ACEP nos dias 13 e 14/12 e para fechar a semana, nada melhor que a V formatura da EIBC no dia 15/16.

A partir da semana que vem serão iniciados postes especiais sobre esses eventos, onde serão contado um pouco da trajetória de alguns jovens que estão chegando à primeira conquista e para alguns, mais uma. São 24 alunos de ensino fundamental e 10 de ensino médio.

São esperadas mais de 300 pessoas para esses eventos. As duas grandes assembleias terá como uma das pautas a eleição de nova diretoria. Atualmente (desde 2009) a diretoria da oibi é: Mario Farias – Presidente, Wilson Júlio – Vice-Presidente, Armindo Brazão – Tesoureiro e Paulo Farias – Secretário. Em 2011, na Assembleia de Comemoração de 10 anos, pelo afastamento do presidente eleito em 2009, houve a eleição da nova diretoria da ACEP, portanto, os diretores atuais são: Juvêncio da Silva Cardoso – Presidente (professor da EIBC), Alfredo Feliciano Brazão – tesoureiro (professor da EIBC) e  Raimundo Benjamim (eu)- secretário (professor da EIBC).

Enquanto a data não chega, alunos e professores estão fazendo as tarefas e obrigações. Monografias, ensaios (danças e cantos) e atividades de campo passaram a ser as atividades diárias da escola desde a semana passada.

Na Formatura serão apresentadas danças tradicionais, e a cerimônia de Kalidzamai. Na imagem mestre Samuel da Silva (em memória), na formatura de 2007. Foto: Acervo EIBC.

Encontro da Rede de Escolas Baniwa e Coripaco

Participantes do Encontro da Rede Escolas chegando em Castelo Branco no final de setembro. (foto: Daniel Benjamim)

O Encontro da Rede de Escolas aconteceu no mês de setembro desse ano. Por ser muito grande a região e as dificuldades enormes o encontro da REBC foi dividido em dois. Um na EIBC-Pamáali e em Castelo Branco.

Pitsiro Pamáali, segunda edição de 2012 já disponível.

Foto: Reprodução

Pessoal, como falei no post anterior, apenas hoje conseguí acessar meu blog. E em primeiro lugar quero compartilhar com todos os visitantes do blog a Edição 2 do Boletim Informativo da Escola Baniwa Coripaco Pamáali, Médio Içana.

A edição 2, cobre as principais atividades que ocorreram na primeira etapa letiva da Escola Pamáali que aconteceu nos dias 26 de março a 08 de Junho. A edição destaca o lançamento do primeiro Livro Kaawhiperi Yoodzawaaka e muito mais!

Você pode ler e baixar o boletim nesse endereço: http://pt.scribd.com/doc/97204297/Pitsiro-Edicao-2-2012

 

Abraços e uma boa leitura,